PUBLICIDADE


Janaína Paschoal declara sua intenção de voto para presidente da República

A advogada foi peça importante na briga pela aprovação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e quer candidato que favoreça “o processo de depuração”

- Publicado no dia
Janaína Paschoal (Foto: Reprodução / O Globo)

A advogada Janaína Paschoal, conhecida por sua participação no processo que levou ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, concedeu uma entrevista ao canal de Rafael Zucco no Youtube.  Na conversa, publicada na última quinta-feira (28), ela fez uma declaração inesperada: revelou em quem pretende votar na disputa pela presidência da República em 2018.

“Hoje, o meu voto é de Jair Bolsonaro” revelou. A advogada imediatamente ressaltou que não é um “voto de tiete”: “Não sou tiete, não sou ativista, eu acho que preservar nossa capacidade crítica é algo saudável, inclusive para a pessoa em quem a gente vota”. No entanto, se é contrária ao endeusamento de qualquer ser humano, inclusive o juiz Sérgio Moro, Janaína acredita, olhando o quadro atual, que Bolsonaro é, hoje, o candidato que, “de maneira mais clara, favorece o processo de depuração”.

Ela concluiu: “Basta ver o medo que todo mundo tá dele”. Confira o trecho:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.