SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Página ‘Caneta Desesquerdizadora’ quer virar agência de fact-checking

Página popular que se dedica a denunciar viés da grande imprensa iniciou campanha de financiamento coletivo para se tornar uma agência checadora

- Publicado no dia
Imagem promocional da campanha (Foto: Reprodução / Caneta Desesquerdizadora)

A polêmica da parceria do Facebook com as agências de fact-checking está movimentando o ecossistema pró-liberdade. A página “Caneta Desesquerdizadora”, conhecida pelo seu esforço por denunciar um viés esquerdista na grande imprensa, entrou no debate com uma proposta inusitada: iniciou, no último dia 18, uma campanha de crowdfungind para se tornar uma agência de checagem de notícias. [1]

No texto em que convoca os seguidores a colaborarem com a iniciativa, a Caneta lembrou sua trajetória, iniciada em 26 de julho de 2016, e ressaltou que tem mais de 600 mil seguidores no Facebook, 115 mil no Twitter, 6 mil no Youtube, 15 mil no Instagram e 800 no Telegram, atingindo mais de 3 milhões de pessoas por semana. “Dada a nova iniciativa do Facebook que prevê a redução do alcance de conteúdos que sejam considerados incorretos por agências de checagem”, justificam, “todas tomadas por militantes de esquerda, criamos uma nova iniciativa: a Agência Caneta”.


PUBLICIDADE



A ideia é que a Agência Caneta obtenha recursos mensais para ser criada e se manter. Ela será registrada na International Fact Checking Network e fará uma requisição formal ao Facebook para que seja incluída como agência de checagem do conteúdo brasileiro na rede social. Até o fechamento desta matéria, a agência já amealhou o apoio de 403 pessoas, pelo que passaria a receber R$ 8.323.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também