fbpx
PUBLICIDADE

Beatriz Kicis critica declaração de Fux sobre voto impresso: entenda

Ativista política tem defendido a instauração do voto impresso em paralelo ao voto eletrônico e reclamou das falas de Fux associando desconfianças populares a fake news
Beatriz Kicis no julgamento de Dilma Rousseff no Senado Federal (Foto: Reprodução/Facebook)
PUBLICIDADE

As declarações sobre o voto impresso vindas do presidente do Tribunal Superior Eleitoral no “Conversa com Bial” na madrugada desta quinta-feira (3), na TV Globo, irritaram a ativista política Beatriz Kicis.

PUBLICIDADE

“Eu fiquei muito má impressionada com a postura do Ministro que desrespeitou o Congresso Nacional e os eleitores brasileiros ao falar de forma rasa sobre o voto impresso”, disse Kicis, que tem defendido a implantação do mecanismo. [1]

No talkshow, Luiz Fux disse que as urnas eletrônicas foram “vítimas de fake news”. “Tanto se criou suspeitas sem respostas sobre as urnas, que isso é a premissa das fake news. Tanto se repetem mentiras que as pessoas preferem acreditar naquele fato objetivo: que a urna é vulnerável. E daí criou-se esse anseio da sociedade: o voto impresso”, opinou o ministro.

PUBLICIDADE

Kicis reclamou da fala: “O Ministro desconsiderou que existe uma lei aprovada no Congresso por ampla maioria dos congressistas e que foi fruto do reclame popular das pessoas que não acreditam em urnas eletrônicas sem apuração transparente. O Ministro trata isso como ‘fake news’. Como se fosse uma bobagem dizer que as urnas são vulneráveis.”

Em dura crítica, a ativista ainda complementou: “Isso não é democracia. Isso é totalitarismo de alguém que ocupa uma cadeira do TSE, que é um órgão executivo, e que recusa a cumprir a lei e quer impor aos cidadãos brasileiros a sua crença na urna eletrônica. O ministro foi raso, extremamente infeliz”.

Beatriz Kicis também lembrou que participou de encontros no Tribunal Superior Eleitoral em reuniões sobre o assunto. “Estive presente em audiências públicas no TSE, perante o ministro Fux, que ouviu a população, ouviu técnicos. E hoje deixou claro que está apenas brincando de fazer democracia”, concluiu a crítica.

PUBLICIDADE

Assista a entrevista de Fux a Bial na íntegra clicando aqui.

Beatriz Kicis

Uma das principais influenciadoras da direita brasileira, Beatriz Kicis se notabilizou nas redes sociais durante a campanha de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Seguida por centenas de milhares de pessoas, a ativista também tem defendido a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da república.

+ ‘Com o voto impresso, ganharei no primeiro turno’, diz Bolsonaro

PUBLICIDADE

+ ‘Os liberais podem vir tranquilos com Bolsonaro’, diz Beatriz Kicis, em entrevista exclusiva em que fala sobre sua trajetória

+ ‘Nas Ruas’ admite novos protestos se TSE mantiver impressão em 5% das urnas

+ Advogados pedem à Justiça que TSE faça novo teste nas urnas antes das eleições

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama