fbpx
PUBLICIDADE


Exxon afirma não temer ameaça de Ciro Gomes de expropriar campos de petróleo

Embora sem referência direta ao possível candidato do PDT à presidência da República, a empresa de exploração disse acreditar no cumprimento dos contratos

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Exame)

Uma declaração em tom de ameaça de Ciro Gomes, que pode ser candidato à presidência pelo PDT, motivou uma reação da empresa de exploração de petróleo Exxon. O comentário da empresa, que não se refere diretamente ao possível presidenciável, foi divulgado no último dia 9 pelo site InfoMoney. [1]

Tudo aconteceu porque a Exxon e outras parceiras investiram mais de US$ 1 bilhão em licenças de campos de petróleo no Brasil no ano passado. Diante disso, Ciro Gomes afirmou que os campos leiloados a algumas das maiores empresas de exploração do mundo deveriam ser expropriados. Ele disse à Bloomberg que, se eleito, adotaria essa política.


PUBLICIDADE



Carla Lacerda, presidente da Exxon no Brasil, disse em Nova York, durante um painel abordando o cenário de investimentos no país, que não teme essa perspectiva. “Não vemos potencial de que aconteça algo”, ela disse. Ainda segundo ela, o país “tem um histórico de estabilidade no setor de petróleo e gás, de estabilidade de contrato. Esta estabilidade de contrato é algo que gera confiança no investidor em relação ao futuro”.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.