fbpx
PUBLICIDADE

Felipe Neto diz que não é mais de esquerda radical e ironiza PSOL

O vlogueiro criticou o partido que costumava apoiar, taxando-o de "piada", e disse que o partido representa muitas coisas que ele considera patéticas

O Youtuber, ator e comediante Felipe Neto, conhecido pelos seus vídeos criticando celebridades, filmes ou circunstâncias da vida diária, declarou, em entrevista ao canal “Cara a Tapa” do jornalista Rica Perrone, uma mudança importante em sua postura política. Ele disse que não é mais de esquerda radical e ataca o PSOL.

“Eu estava numa fase meio ‘esquerda sem cérebro’. Sabe aquele cara que não pensa antes de se posicionar politicamente?”. Frisando ter falado um “monte de bobagens”, de que hoje em dia discorda “completamente”, disse que “hoje em dia” tem “asco do PSOL”, que virou uma representação de muita coisa que eu acho patética e propostas de governo, dentro dali do PSOL e de representantes do PSOL, que é de dar risada”.

Felipe Neto garantiu que ainda respeita figuras isoladas dentro do partido, mas que o PSOL se transformou em uma piada. “Nunca fui socialista, mas eu estava numa vertente muito esquerda. Embora eu continue com um pensamento de direitos humanos, de ações sociais, de distribuição de renda, aquela coisa que eu falava ‘ah, Luciana Genro’, isso morreu”. Confira a entrevista completa e o trecho em questão, a partir de 1:47:









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama