Maioria dos leitores do Boletim é favorável à liberdade dos psicólogos

De acordo com enquete realizada pelo site entre terça e sexta-feira (22), 71% dos internautas considera que deve prevalecer a liberdade dos psicólogos em oferecer polêmica terapia conhecida como ‘cura gay’

- Publicado no dia
Foto: Reprodução / A Mente Maravilhosa

Boletim da Liberdade promoveu uma enquete na última terça-feira (19) sobre a liminar da Justiça Federal de Brasília concedida a um grupo de psicólogos que reclamava o direito de oferecer a terapia de reorientação sexual, mais conhecida como “cura gay”.

Para 71% dos que participaram da enquete, os psicólogos devem ter liberdade de oferecer o tratamento, sem entrar no mérito de sua eficácia científica. 20% dos leitores, no entanto, consideram que os psicólogos deveriam ser vetados dessa prática.

Apenas 8% disseram não ter opinião formada. A enquete ficou no ar até a última sexta-feira (22) e contou com a participação anônima de 49 internautas.

+ Fernando Holiday, do MBL, se manifesta sobre a decisão que permite a ‘cura gay’

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também