Movimentos monarquistas se manifestam na rede após a nova crise

Publicação da página “Pró-Monarquia” compara idoneidade moral da Família Imperial com o dos líderes políticos da república; Movimento Brasil Real conclama brasileiros a se manifestarem

- Publicado no dia

Grupos, páginas, movimentos e entusiastas pela restauração do regime monárquico no Brasil veem na mais recente crise da república uma oportunidade histórica de transformação. Desde a divulgação da existência de um áudio comprometendo o presidente Michel Temer, diversas publicações foram feitas nas redes sociais, boa parte delas gerando milhares de compartilhamentos.

A página oficial da Casa Imperial, organização dirigida pelos descendentes de D. Pedro II que reivindicam o direito ao trono, publicou ontem (18) uma imagem com referência aos membros da Família Imperial: “Nunca foram citados, nunca foram denunciados, nunca fizeram caixa dois, não têm conta na Suíça, não têm sítio ou triplex secretos, não culpam os mortos. Família Imperial do Brasil – Nesse antro de corrupção, a única com moral para dar novo rumo ao país”. Quase dois mil usuários compartilharam a publicação.

Foto: Divulgação
Foto: Reprodução / Facebook

A página Causa Imperial no Facebook, por sua vez, também aproveitou a crise de Temer para ironizar a qualidade da república. Uma das publicações mais bem sucedidas e também publicada ontem (18) foi um “meme” com a fotografia de D. Pedro II, seguido da irônica legenda: “E a república? Vai bem?”.

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

O Movimento Brasil Real, liderado por Pedro Alberto de Orleans e Bragança e presente nas recentes manifestações a favor da Operação Lava Jato, também se manifestou. Em vídeo, Pedro Alberto, em tom inconformado, disse estar “revoltado e cansado” e que chegou a hora de o movimento “tomar as rédeas do país”. Ele conclamou o povo a ir às ruas para lutar para ter “alguém que defenda o povo brasileiro e, em um momento de crise como esse, possa tomar a conta da nação”.

“Está cada vez mais evidente que a república brasileira, do jeito que ela anda, não funciona. Não tem mais o que fazer. Ela precisa de uma mudança total e completa. […] Está na hora do Movimento Brasil Real, juntamente com outros movimentos monárquicos, partir pra cima e se apresentar como uma solução. Porque nós somos uma solução para esse país”, completou.

Receba nossas notícias por e-mail


Leia também