fbpx

Coronel Fernanda pede urgência em projeto que impede aborto

O projeto de lei propõe que os embriões, antes mesmo do nascimento, já tenham personalidade jurídica
Discussão e votação de propostas. Dep. Coronel Fernanda (PL - MT)
Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Compartilhe

A deputada federal Coronel Fernanda (PL/MT) assinou o requerimento de urgência para votar o Estatuto do Nascituro (PL 478/2007), que impede o aborto no Brasil. A urgência se dá a partir da decisão da ministra do STF, Rosa Weber, de  descriminalizar o aborto em gestações de até 12 semanas.

“Como defensora da vida desde a concepção e por considerar um direito inviolável, sou totalmente a favor do estatuto do nascituro, por entender que os direitos dos bebês em desenvolvimento devem ser reconhecidos e protegidos”, diz a deputada Coronel Fernanda em suas redes sociais.

O projeto de lei propõe que os embriões, antes mesmo do nascimento, já tenham personalidade jurídica. Isso significa que eles teriam o mesmo status jurídico e moral de pessoas nascidas e vivas. Dessa forma, não poderiam ser vítimas de quaisquer formas de violência.

Leia também:  Preparador físico da seleção feminina de basquete é demitido após se posicionar contra aborto

Placar Aborto Não

Deputados Federais organizaram um placar que mostra quem são os parlamentares que já assinaram o requerimento de urgência, o que não assinaram e os indefinidos. Até o momento desta reportagem, o placar aponta 238 deputados favoráveis à vida e 13 deputados que apoiam o aborto. Outros 262 estão com posicionamento indefinido.

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?