fbpx

Armínio Fraga critica movimentos econômicos de Lula e avalia ‘caminho extremamente perigoso’

Ex-presidente do Banco Central, que apoiou o petista na campanha eleitoral, concedeu entrevista ao site "Brazil Journal" em que ressaltou ponto de vista crítico a posicionamentos que têm sido anunciados
Foto: Bel Pedrosa / World Economic Forum / Wikimedia / Creative Commons

Compartilhe

Apoiador da candidatura de Lula (PT) à presidência da República, o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, mostrou-se crítico às primeiras posições do presidente eleito.

Em entrevista ao site “Brazil Journal”, Fraga afirmou que vê “sinais preocupantes” nas primeiras movimentações até aqui.

“Tínhamos esperança para [repetir] o sucesso do [governo] Lula 1 [2003-2006]. No entanto, o que temos visto aponta mais para o governo Lula 2 [2007-2010] ou até mesmo [o governo] Dilma. Vários sinais já foram dados e eles incluem vários comentários negativos sobre responsabilidade fiscal, que apontam para políticas no que dizem respeito a bancos públicos, estatais, em um sentido intervencionista. O todo é bem preocupante”, avaliou.

Leia também:  O silêncio dos inocentes

Fraga destacou que esses movimentos “lembram a fase esquizofrênica da política econômica”, onde haveria esforços “de um lado para segurar a inflação [vinda do BC] e do outro uma política muito expansionista”.

“Nós estamos seguindo um caminho macroeconômico extremamente perigoso. Eu acho que a PEC desse tamanho, do ponto de vista macroeconômico, um absurdo”, avaliou, em referência a chamada PEC da transição que expande a previsão de gastos públicos para os próximos anos, potencialmente prejudicando o equilíbrio fiscal. [1]

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?