fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro confirma corte de impostos para industrializados

Medida, contudo, gerou reação de políticos amazonenses que avaliam que poderá haver impacto na Zona Franca de Manaus
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
PUBLICIDADE

O governo federal editou na última sexta-feira (15) um decreto que confirma o corte de 25% sobre o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de quase todas as categorias.

PUBLICIDADE

O corte é permanente e passa a valer a partir do dia 1º de maio. Ele já havia sido anunciado em fevereiro pelo ministro Paulo Guedes, da Economia, como um “marco na reindustrialização do país”. [1]

A medida, contudo, gerou polêmica. Políticos do Amazonas avaliam que o corte pode impactar o funcionamento da Zona Franca de Manaus.

PUBLICIDADE

Como noticiado pelo UOL, uma das reações vem do deputado federal Marcelo Ramos (PSD/AM), opositor de Bolsonaro.

Ele apresentou uma representação no Ministério Público Eleitoral pois, na avaliação dele, o corte de impostos em ano eleitoral configuraria “abuso de poder econômico”. [2]

Leia também:  Paraná Pesquisas já mostra Bolsonaro à frente de Lula em São Paulo

Segundo o parlamentar, a redução do IPI prejudica também a economia amazonense, “uma vez que reduz a competitividade da indústria do estado”.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?