fbpx
PUBLICIDADE

Após enquete sobre liberdade de expressão, Musk toma decisão sobre o Twitter

Empresário conhecido por ter criado marcas como a Tesla e o SpaceX decidiu adquirir quase 10% da rede social
Fábio Faria e Elon Musk (Foto: Reprodução/Twitter)
PUBLICIDADE

O empresário norte-americano Elon Musk, conhecido sobretudo pela marca de carros elétricos Tesla e pela SpaceX, se tornou um dos maiores acionistas individuais do Twitter. [1]

PUBLICIDADE

Ao todo, o empreendedor, também referência pelo viés libertário e por ser o detentor de uma das maiores fortunas do mundo, comprou 9,2% da rede social, o que valeria o equivalente a US$ 2,9 bilhões.

O movimento, levado à público nesta segunda-feira (4), gerou especulações pois ocorre uma semana após Musk, no Twitter, defender a liberdade de expressão.

PUBLICIDADE

Na ocasião, o empresário perguntou aos seus mais de 80 milhões de seguidores sobre se o Twitter respeitava a liberdade de expressão. 70% dos participantes disseram que não.

Compartilhe essa notícia:
Leia também:  Musk se encontra com Bolsonaro em São Paulo

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?