fbpx
PUBLICIDADE

Federação de Jornalistas quer taxação das grandes plataformas da internet

Na avaliação da FENAJ, principal órgão de representação de profissionais de imprensa no país, o crescimento das plataformas causou grave dano à "sustentação econômica da imprensa profissional"; tema pode ganhar força em 2022 e 2023
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
PUBLICIDADE

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) está divulgando com destaque em seu website uma nova proposta para financiamento das atividades jornalísticas em tempos de ascensão das redes sociais. [1]

PUBLICIDADE

Na avaliação do grupo, “a pulverização da publicidade e a sua forte migração para as grandes plataformas digitais” prejudicou o jornalismo,  “atividade essencial à democracia”, afetando a sustentação econômica da imprensa profissional.

Nesse contexto, a FENAJ defende, em documento público, a criação de um “Fundo de Apoio e Fomento ao Jornalismo e aos Jornalistas” por meio da “taxação das grandes plataformas”.

“A FENAJ chama os jornalistas, as entidades/organizações da sociedade brasileira e os partidos políticos comprometidos com a democracia – que exige democracia também nas comunicações – a se somarem a esse esforço capitaneado pela FIJ [Federação Internacional dos Jornalistas] no mundo. Trata-se de uma justa reparação, visto que as grandes plataformas têm receita bilionária e quase não são tributadas, e de uma justa destinação de recursos a uma atividade essencial à constituição da cidadania”, conclui o grupo.

Leia também:  Luciano Hang cita Hayek e protesta após ter conta suspensa no Twitter

Contexto

Além da tramitação de um projeto de lei que aborda a difusão de notícias falsas (fake news), o tema de regulamentação da internet pode surgir mais forte a partir de 2023, dependendo do governo que se eleger em 2022.

Durante o governo Lula (PT), a FENAJ liderou um movimento de maior regulamentação da atividade jornalística, mas a iniciativa acabou não contando com o apoio do governo e sucumbiu no Congresso. [2]

MANIFESTO-PELA-TAXAÇÃO-DAS-GRANDES-PLATAFORMAS-DIGITAIS
Compartilhe essa notícia:
PUBLICIDADE

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?