fbpx
PUBLICIDADE

Queda do Facebook, Instagram e WhatsApp puxa para baixo ações da empresa

Há ainda especulações de que queda das plataformas poderia ter sido causada por invasão hacker
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
PUBLICIDADE

A indisponibilidade iniciada na tarde desta segunda-feira (4) do Facebook, Instagram e WhatsApp já impactam o valor dos negócios da companhia fundada por Mark Zuckerberg.

PUBLICIDADE

As ações da companhia sofreram, em apenas um dia, baixa de aproximadamente 5,5% até o fechamento desta matéria – o suficiente, porém, para representar a redução de bilhões de dólares no valor de mercado da empresa. [1]

No Twitter, a companhia se desculpou pela interrupção dos serviços e disse que está trabalhando para que “as coisas voltem ao normal o mais breve possível”, pedindo desculpa aos usuários.

PUBLICIDADE

Nas redes sociais, especula-se de que a queda nos serviços do Facebook pode ter sido consequência de uma invasão hacker. [2]

Há, ainda, relatos de que os próprios funcionários da empresa estariam tendo dificuldade em ingressar nas instalações da empresa devido à queda do sistema que reconhecia autorizações pelo crachá.

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?