fbpx
PUBLICIDADE

Parlamentares entram na Justiça contra medidas restritivas no Rio e São Paulo

Conservadores e libertários protestaram contra medidas que limitam o acesso a não-vacinados a estabelecimentos e até serviços públicos; vereadores do NOVO não se posicionaram
Deputado estadual Alexandre Freitas (Foto: Divulgação)
PUBLICIDADE

Um grupo de diferentes parlamentares do Rio de Janeiro e São Paulo procurou a Justiça para tentar barrar os decretos que limitam o acesso de estabelecimentos e até serviços públicos a cidadãos que não se vacinaram.

PUBLICIDADE

Em São Paulo, deputados bolsonaristas tentaram barrar a medida por meio de um habeas corpus coletivo. Entre os signatários, estava o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP). O Tribunal de Justiça negou a liminar. [1]

No Rio de Janeiro, os deputados estaduais Marcio Gualberto (PSL/RJ) e Alexandre Freitas (sem partido) também anunciaram medidas na Justiça para barrar a supressão de liberdades. [2][3]

PUBLICIDADE

Para Freitas, que foi expulso do Partido Novo em agosto, os decretos do prefeito Eduardo Paes (PSD) “violam os direitos fundamentais de liberdade, igualdade e dignidade da pessoa humana e o direito social à assistência de pessoas em vulnerabilidade”.

O deputado estadual também classificou os decretos como “soviéticos” e que deixariam “Stálin orgulhoso”.

Como noticiado pelo Boletim da Liberdade, Paes quer cercear até mesmo cirurgias eletivas no SUS para indivíduos que não se vacinaram.

Os vereadores do NOVO, por sua vez, não se manifestaram a respeito dos decretos até a publicação desta matéria.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama