fbpx
PUBLICIDADE

Ciro Nogueira aceita Casa Civil sob protestos de Amoêdo e Livres

Liberais destacaram passado do senador, que é ex-apoiador de Lula, e ainda pontuaram promessa do presidente Jair Bolsonaro em outubro de 2018
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
PUBLICIDADE

O senador Ciro Nogueira (PP/PI) confirmou na manhã desta terça-feira (27) que aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para assumir o Ministério da Casa Civil. [1]

PUBLICIDADE

Nas redes sociais, o parlamentar, que se licenciará do posto, pediu “proteção de Deus para cumprir esse desafio da melhor forma que eu puder, com empenho e dedicação em busca do equilíbrio e dos avanços de que o nosso país necessita”.

A nomeação, contudo, é controversa. Expoente do chamado centrão – grupo de partidos fisiológicos do Congresso Nacional conhecido por apoiar diversos governos em troca de espaços na máquina pública -, Nogueira é ex-apoiador do ex-presidente Lula (PT) e já chamou, no passado, Bolsonaro de “fascista”. [4]

PUBLICIDADE

Protestos

Nas redes sociais, os protestos à confirmação de Ciro Nogueira à Casa Civil – considerado o ministério mais importante – foram muitos. Um dos críticos foi João Amoêdo (NOVO), que concorreu à presidência nas eleições de 2018. [3]

“Ciro Nogueira é réu por organização criminosa, considera Lula o melhor presidente da história e diz que Bolsonaro é um fascista, mas aceita ser seu ministro. Ao convidar Ciro para seu articulador político, Bolsonaro deixa claro, mais uma vez, seu roteiro e seus ‘princípios'”, criticou o político liberal.

O movimento suprapartidário Livres, por sua vez, resgatou um tweet de 2018 do presidente Jair Bolsonaro, publicado ainda durante a campanha eleitoral.

Na ocasião, Bolsonaro disse que “se vencermos, já começamos diferentes dos outros” e que estaria livre “para escolher nossa equipe pelo critério técnico e pela eficiência”.

PUBLICIDADE

“Não devemos cargos, nem favores que coloquem em xeque a autonomia do nosso governo e a soberania do nosso país. Nossa aliança é com a sociedade”, disse o presidente em mensagem publicada no dia 6 de outubro de 2018.

“Relembrar é viver. Qual critério técnico foi usado na escolha de Ciro Nogueira para a Casa Civil?”, reclamou a entidade. [2]

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama