fbpx
PUBLICIDADE

Ministro da Defesa teria ameaçado não ter eleições sem voto impresso, denuncia jornal

Reportagem do jornal "O Estado de S. Paulo" publicada nesta quinta-feira (22) denunciou que ameaça enigmática teria também partido do Ministério da Defesa e destinada ao presidente da Câmara dos Deputados
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
PUBLICIDADE

O jornal “O Estado de S. Paulo”, em reportagem publicada nesta quinta-feira (22), denunciou que o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, também havia, por meio de emissários, transmitido a ideia de que não haveria eleições em 2022 caso não fosse aprovado o voto impresso. [1]

PUBLICIDADE

Segundo a publicação, a mensagem foi transmitida ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP/AL), e contaria com a anuência dos comandantes do Exécito, Marinha e Aeronáutica.

O mesmo recado, repercutido um dia depois pelo presidente Jair Bolsonaro, provocou inúmeras reações no meio político e social. Contudo, a suposta participação de militares na ameaça é novidade.

PUBLICIDADE

O jornal disse que, após receber o recado, o presidente da Câmara, Arthur Lira, procurou Jair Bolsonaro para avisá-lo que interpretou a mensagem como uma “ameaça de golpe”.

Leia também:  Kataguiri diz sentir 'cheiro de um acordo' sobre não reeleição de Bolsonaro

Na conversa, o parlamentar teria pontuado que, apesar da aliança com o presidente, não apoiaria “qualquer ato de ruptura institucional”.

Bolsonaro, por sua vez, teria afirmado que jamais concordou com a hipótese de golpe e que atuaria “dentro das quatro linhas da Constituição”.

O jornal completou ainda que o recado dos militares foi “de conhecimento de um restrito grupo da política e do Judiciário”.

PUBLICIDADE

A PEC do voto impresso, como se sabe, tramita na Câmara dos Deputados. A perspectiva de aprovação é considerada baixa após uma nota de apoio de diversos partidos políticos à manutenção do sistema de voto eletrônico tal como é hoje realizado.

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?