fbpx
PUBLICIDADE

MBL extingue sistema atual de coordenadores e inicia nova fase

O deputado Kim Kataguiri informou que todos os coordenadores, incluindo ele, se submeterão a um processo que recrutará e avaliará novas lideranças
Foto: Reprodução/YouTube
PUBLICIDADE

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) anunciou neste sábado (27) em vídeo a sua saída da coordenação nacional do Movimento Brasil Livre. A retirada da função, porém, não é uma saída do movimento em si, mas parte de uma nova organização que o MBL passará a adotar em todos os níveis. [1]

PUBLICIDADE

Conforme o parlamentar, o movimento, que se tornou protagonista nas manifestações de rua contra o governo de Dilma Rousseff e hoje atua em oposição ao governo de Jair Bolsonaro, está extinguindo todas as posições atuais de coordenação enquanto inicia um projeto chamado “Academia MBL”. O projeto será o responsável por reorganizar as peças nos diversos estados e municípios em que o MBL tem atuação.

“É basicamente a nova maneira de ingressar no MBL e de fazer parte de diferentes ramos, de diferentes braços do MBL. Agora, o que a gente vai ter vão ser diferentes escolas, diferentes linhas, que vão ser de acordo com o perfil, e tem um teste de personalidade que a gente importou aqui pro Brasil”, explicou Kim. Os testes definirão se os interessados serão porta-vozes, coordenadores, intelectuais ou estarão em atividades de bastidores.

PUBLICIDADE

Kim afirmou que o objetivo é eleger representantes do MBL em todos os estados do país. “Estamos refazendo tudo do zero para que novas pessoas reestruturem e mesmo as mesmas pessoas que já estão no movimento, como eu, retomem as posições de acordo com esse desenho da Academia MBL”, explicou o deputado, informando que o processo durará dois anos.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama