fbpx
PUBLICIDADE

Site do Instituto Mises Brasil é derrubado após artigo sobre antifascismo

Página foi derrubada após texto que pontuou que o "movimento progressista anti-fascista é, em si mesmo, um movimento fascista"; instituição também informou que foram censurados textos na invasão
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

O site do Instituto Mises Brasil, um dos principais centros de pensamento voltados à difusão do ideário liberal no país, foi derrubado na manhã da última quarta-feira (3) após a publicação de um artigo que questionava o antifascismo, movimento que ganhou as manchetes do país após manifestações críticas ao governo Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Em texto de autoria do professor Antony Mueller, já entrevistado pelo Boletim da Liberdade em 2019, o movimento é comparado ao que o próprio fascismo defendia. [1]

“O comunismo, socialismo, nazismo e fascismo são rótulos que se unem sob o estandarte do anti-capitalismo e do anti-liberalismo. São contra o indivíduo, contra a propriedade privada, e contra a liberdade empreendedorial. O movimento progressista ‘anti-fascista’ é, em si mesmo, um movimento fascista. O inimigo desse movimento não é o fascismo, mas sim a liberdade, a paz e a prosperidade”, dizia o artigo, que pode ser lido na íntegra clicando aqui. [2]

PUBLICIDADE

De acordo com a nota divulgada pelo instituto nas redes sociais, os hackers também teriam retirado parte do conteúdo que já havia sido publicado. Segundo o IMB, entre outros textos, foram censurados materiais que comparavam o nazismo com os socialismo. Ainda na tarde da quarta-feira (3), o portal já havia voltado ao ar.

+ Mais capitalismo traria menos desigualdade para o Brasil, diz professor

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?