fbpx
PUBLICIDADE

Eduardo Bolsonaro pede desculpas após declaração sobre AI-5 e nega hipótese

Em entrevista a Bandeirantes, o presidente Jair Bolsonaro e o deputado federal Eduardo Bolsonaro afastam cenário e esclarecem que possibilidade sequer está sendo cogitada
(Foto: Reprodução / Notícias ao minuto)

(Foto: Reprodução / Notícias ao minuto)

Após a repercussão negativa nas redes sociais, na imprensa e no meio político, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) pediu desculpas, no fim da tarde desta quinta-feira (31), sobre ter levantado a hipótese, em entrevista, sobre possibilidade de um “novo AI-5” no país. Como o Boletim publicou, houve reações na sociedade até no sentido de cassar o mandato parlamentar de Eduardo, o deputado mais votado do país. [1]

Ao jornalista José Luiz Datena, como repercutido pelo jornal O Globo, o parlamentar afirmou que “pede desculpas a quem porventura tenha entendido que eu estou estudando o retorno do AI-5 ou achando que o governo, de alguma maneira, estaria estudando qualquer medida nesse sentido”.

“Essa possibilidade não existe. Agora, muito disso é uma interpretação deturpada do que eu falei”, comentou.





Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro também criticou a fala. “O AI-5 já existiu no passado, em outra Constituição, não existe mais. Esquece. […] Quem quer que seja que fale em AI-5 está sonhando. Está sonhando!”, frisou. [2]





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama