fbpx
PUBLICIDADE


Restaurante árabe atacado em São Paulo atribui ato à ‘intolerância e ódio’

Estabelecimento conhecido por empregar refugiados advindos de diversos países e por ter posicionamento político progressista foi atacado por cinco jovens no fim de semana; Livres manifestou nota em protesto

- Publicado no dia
Foto: Divulgação

Um restaurante árabe localizado na região central de São Paulo, conhecido por empregar refugiados e por, institucionalmente, ter posicionamento político progressista, atribuiu um ataque sofrido na madrugada do último domingo (1º) à manifestação de intolerância e ódio. [1]

“Não podemos nos calar diante da motivação deste ato, num contexto de crescente discurso de intolerância e ódio que acomete este país. Desde o início, o Al Janiah sempre foi conhecido por ser um espaço democrático, de defesa das minorias políticas e acolhimento de refugiados. Sua história se liga à luta pela Libertação da Palestina”, diz a nota oficial divulgada pelo estabelecimento.

A invasão teria ocorrido por ação de cinco pessoas com faca e spray de pimenta. Os invasores foram expulsos por seguranças do restaurante. De acordo com o divulgado pelo site da Veja São Paulo, a empresa emprega atualmente pessoas da Palestina, Síria, Cuba e Argélia.


PUBLICIDADE



O movimento Livres, de viés liberal, manifestou-se na tarde desta segunda-feira (2) sobre o ataque. “O ódio contra imigrantes é absurdo em qualquer lugar. Choca ainda mais num país marcado, construído, por essa relação de trocas entre indivíduos. Que tenha acontecido em São Paulo, então, uma cidade cuja identidade é baseada na diversidade, é ainda mais absurdo”, sinalizou a nota da entidade.

O Livres destacou ainda “xenofobia é antiliberdade” e “antiliberalismo”. “Essa violência vai contra tudo que nós do Livres defendemos, contra nosso trabalho por uma sociedade aberta e livre para o Brasil”, completou.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.