fbpx
PUBLICIDADE


Merkel celebra autores de atentado contra Hitler e critica ‘extrema direita’

Fala da chanceler alemã ocorre próximo aos 75 anos da ‘Operação Valquíria’, que tentou tomar o controle da Alemanha no último ano da Segunda Guerra Mundial; chanceler também alerta sobre riscos do nazismo

- Publicado no dia
Angela Merkel em visita ao Brasil durante o governo Dilma (Foto: Agência Brasil)

Chefe-de-governo da Alemanha, a chanceler Angela Merkel homenageou neste sábado (13) em mensagem de vídeo a proximidade dos 75 anos da tentativa de assassinato de Adolf Hitler, em 20 de julho de 1944. Segundo ela, os alemães devem ter com os autores do ato um “débito de gratidão” por simbolizarem parte da história da Alemanha que seguiu sua consciência e se opôs à escuridão do nazismo. [1]

Orquestrado pelo coronel Graf von Stauffenberg, o atentado explodiu uma bomba na mesa de trabalho de Adolf Hitler durante uma reunião. Apesar da explosão, o líder do Terceiro Reich sofreu apenas ferimentos leves. Stauffenberg e mais de 100 militares envolvidos na operação, que tentou tomar o controle da Alemanha Nazista, foram condenados à morte. A ação foi eternizada nos cinemas por Tom Cruise em Operação Valquíria (2008).


PUBLICIDADE



Na mesma mensagem, Merkel criticou o assassinato de seu correligionário Walter Lübcke, morto no início de junho. As principais suspeitas de autoria do ataque recaem sob grupos neonazistas em ascensão na Alemanha, informa o canal estatal Deutsche Welle.

“Os alemães devem fazer sua parte em nossa sociedade e assegurar que a democracia seja forte, que a sociedade civil seja forte e que o extremismo de direita não tenha a menor chance”, disse.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.