PUBLICIDADE


Pai denuncia que ditadura venezuelana matou seu filho de 14 anos

O jovem de 14 anos é mais um nome a ser incluído entre as vítimas da repressão do regime chavista de Nicolás Maduro, em momento de acirramento da crise no país

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Náufrago da Utopia)

A repressão violenta do regime ditatorial chavista de Nicolás Maduro na Venezuela parece ter feito mais uma vítima nesta quarta-feira (1). O pai de um jovem de 14 anos afirmou que seu filho faleceu ao ser baleado durante um protesto contra o governo.

A TV Venezuela Notícias reportou o depoimento de José Hernández, pai de Yoifre Jesús Hernández Vásquez, que faleceu na Clínica El Ávila, onde ingressou depois de receber o disparo. “Eles dispararam de La Carlota, o que vamos perguntar às autoridades se não houverem, elas lavam as mãos. Eu estava em pé no Distribuidor Altamira quando os tiros foram ouvidos, em menos de 5 minutos os paramédicos passaram e o levaram”, lamentou.

A tragédia ocorre em contexto de acirramento de ânimos e tensão diante do levante estimulado pela oposição contra o governo. A casa do opositor Leopoldo López também foi saqueada e sua esposa acusou o Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin).

Confira o vídeo:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.