fbpx
PUBLICIDADE


Bolsonaro pode propor PEC para ampliar proteção da liberdade de expressão

Jurista de Santa Catarina teria dado sugestão ao presidente para que, inspirado na primeira emenda norte-americana, fizesse emenda na CF de 1988 limitando medidas contra as liberdades

- Publicado no dia
(Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Após o início da ofensiva do Supremo Tribunal Federal, que determinou a censura de veículos jornalísticos da internet e até mandados de busca e apreensão contra críticos da Corte, o presidente Jair Bolsonaro foi sugerido a tomar uma medida em defesa da liberdade de expressão. [1]

De acordo com o divulgado pela revista Crusoé – que também foi um dos veículos censurados nesta segunda-feira (15) -, um jurista de Santa Catarina teria proposto ao presidente o envio de uma proposta de emenda constitucional similar à primeira emenda norte-americana, visando proibir antecipadamente medidas dos poderes que limitem ou atentem contras às liberdades.


PUBLICIDADE



O presidente, contudo, ainda não teria dado aval para que a medida fosse posta em prática e finalmente redigida.

Nesta terça-feira (16), no entanto, deu uma indireta à ofensiva do STF. “Minha posição sempre será favorável à liberdade de expressão, direito legítimo e inviolável”, escreveu o presidente no Twitter. [2]

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.