fbpx
PUBLICIDADE


Carlos Bolsonaro ataca escola de samba campeã no Rio em seu Twitter

O vereador apontou um paradoxo na homenagem da Estação Primeira de Mangueira à vereadora Marielle Franco, sendo o presidente da escola acusado de envolvimento com milícias

- Publicado no dia
Carlos Bolsonaro (Foto: Jornal O Globo)

O vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), seguindo os passos do pai, o presidente Jair Bolsonaro, que criou polêmica ao divulgar um vídeo considerado obsceno e criticou algumas posturas vistas em blocos de Carnaval, também voltou seus torpedos contra uma agremiação carnavalesca nesta quarta-feira (6). Foi a escola de samba Mangueira, campeã do Carnaval carioca. [1]

“Dizem que a Mangueira, escola de samba campeã do carnaval e que homenageou Marielle, tem o presidente preso, envolvimento com tráfico, bicheiros e milícias. Esse país está de cabeça pra baixo mesmo”, ele publicou em seu Twitter.  A Mangueira, em seu enredo crítico a certos personagens da historiografia oficial, procurou homenagear em seu enredo personagens menos badalados, especialmente índios e negros.


PUBLICIDADE



Uma das personalidades homenageadas no desfile da Mangueira foi a vereadora do PSOL carioca, Marielle Franco, assassinada em 14 de março de 2018. Os milicianos são os principais suspeitos pela morte, o que motivou o comentário do filho do presidente.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.