fbpx
PUBLICIDADE


Romeu Zema critica Fernando Pimentel: ‘desperdício de dinheiro público’

O governador mineiro atacou a conduta do governador petista de mandar fazer quadros para repartições públicas; o Partido dos Trabalhadores reagiu, alegando que prática é antiga

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Facebook)

O governador de Minas Gerais se reportou mais uma vez à gestão petista de Fernando Pimentel na última sexta-feira (25). Ele expôs no hall da Cidade Administrativa, sede do governo, um amontoado de quadros que ostentam a fotografia do ex-governador e usou-os como exemplo de “desperdício de dinheiro público”. [1]

A administração do governador do Partido Novo expôs as  caixas com as imagens no chão, cercadas por um cordão de isolamento, acompanhadas de um cartaz onde se lê: “Este tipo de desperdício com dinheiro público não pode mais acontecer!”. Romeu Zema fez questão de garantir que não será gasto nenhum dinheiro para afixar sua imagem em repartições públicas, conforme foi feito por Pimentel.


PUBLICIDADE



“Eu não quero minha foto afixada em lugar nenhum”, afirmou. “Eu quero que esse dinheiro que é gasto aqui seja gasto em medicamento, para arrumar estrada, em escolas. Isso é o que o povo mineiro quer, e não ficar endeusando alguém que foi eleito.” Já o PT, em resposta, chamou a exposição das fotos de “atitude antidemocrática” e “demagógica”, prática com “ares de populismo barato”.

O PT também disse que as fotos oficiais existem desde o Império e 54 governadores mineiros fizeram a mesma coisa. O ex-governador Fernando Pimentel, alvo das críticas, é um dos diversos políticos investigados pela Operação Lava Jato.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.