fbpx
PUBLICIDADE


Olavo de Carvalho faz vídeo criticando Mourão e militares no governo federal

O filósofo fez uma crítica dura aos militares próximos ao governo, que estariam impedindo que Bolsonaro agisse de maneira efetiva contra seus inimigos

- Publicado no dia
Olavo de Carvalho (Foto: Reprodução / Jornal Opção)

O filósofo Olavo de Carvalho veiculou neste domingo (27) pelo Youtube um vídeo de quase dezesseis minutos com ataques diretos à postura dos militares no governo Bolsonaro, particularmente o vice-presidente Hamilton Mourão e o chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Augusto Heleno.

No vídeo, Olavo enfatiza que, ao contrário de figuras como Luiz Felipe Pondé, sua filosofia está sempre ligada às questões concretas da realidade e por isso ele precisaria comentar fatos que o impactavam de forma direta. O estopim para seu comentário foi a declaração de Mourão, referindo-se a Jean Wyllys (PSOL-RJ), de que ameaçar parlamentares é uma ameaça à democracia.

De acordo com Olavo, desde o tempo em que atuava no Orkut, o filósofo sofre de seus desafetos “a maior campanha de difamação ao longo de toda a história humana (…) contra um cidadão privado”. No entanto, Olavo se queixa de que Mourão e os demais militares nunca disseram nada a respeito. Ele questionou duramente também a postura de Heleno ao se dizer “honrado” em conceder entrevista aos jornalistas sobre a crise em Brumadinho.

Na opinião de Olavo, os militares brasileiros não têm “traquejo social” fora do meio militar e se sentem intimidados e envaidecidos ao estarem na presença dos jornalistas, que sempre foram críticos dos militares sem reação dos círculos das Forças Armadas. Olavo enfatizou ainda que o governo Bolsonaro não fez nada de efetivo “contra seus inimigos” porque os militares não estão permitindo. Confira o vídeo:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.