fbpx
PUBLICIDADE

Prefeito de São Paulo aumenta burocracia para motoristas de aplicativos

Prefeito que assumiu São Paulo quando João Doria se afastou para assumir o estado assinou decreto que impõe regulamentações a motoristas de aplicativos como o Uber
Bruno Covas (Foto: Leon Rodrigues / Fotos públicas)
Bruno Covas (Foto: Leon Rodrigues / Fotos públicas)
PUBLICIDADE

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, defendeu nesta sexta-feira (4) um decreto sobre motoristas de aplicativos de transportes assinado naquela data. O decreto impõe regulamentações adicionais a esse tipo de serviço.

PUBLICIDADE

Segundo Bruno Covas, espalhou-se nas mídias sociais a informação de que a cidade restringiria o número de motoristas, mas ele se apressou em dizer que isso não é verdade. “O que o decreto traz nada mais é do que as normas já previstas na legislação federal, que não haviam sido aplicadas ainda na cidade de São Paulo, e as regras que já haviam sido tratadas num decreto e numa resolução de 2016, final ainda da gestão Fernando Haddad”, afirmou.

Leia também:  Doria surpreende ao revelar qual estatal privatizaria se fosse presidente

Segundo Covas, o objetivo é oferecer tranquilidade ao usuário. “Tenho certeza de que com esse decreto nós vamos ainda melhorar a prestação do serviço, garantindo a concorrência, garantindo que os aplicativos e os taxistas possam trabalhar, possam competir, para que a gente possa ter cada vez mais um serviço de qualidade”, asseverou.

PUBLICIDADE

O decreto exige que os motoristas sejam cadastrados na Prefeitura, façam curso de condutor e apresentem atestado de antecedentes criminais, usando veículos que podem ter, no máximo, oito anos de fabricação, com nome e foto do condutor. Uma polêmica similar sobre regulações de motoristas de aplicativos ocorreu na gestão de João Doria, hoje governador, o que provocou atritos com o Movimento Brasil Livre na época. Confira o vídeo do prefeito:

Leia também:  Manifestação pelo impeachment reúne milhares, mas não supera dia 7



Confira também:




Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama