SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Doria recua em parte das restrições aos aplicativos de transporte

Uma das medidas da criticada Resolução Nº 16 foi modificada depois de reuniões na prefeitura e pressão do MBL, mas as demais permanecem

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Facebook)

Aparentemente, a pressão do Movimento Brasil Livre deu resultado. João Doria não revogou, mas flexibilizou uma das principais regras da Resolução nº 16, decreto que impõe regulamentações ao Uber e outros aplicativos de transporte na cidade.

No último dia 5, o vereador Fernando Holiday (DEM-SP), coordenador do MBL, comemorou a mudança em suas redes sociais. Conforme noticiou o Boletim em entrevista exclusiva, ele estava bastante incomodado com as determinações do prefeito, a quem o MBL apoiou nas eleições de 2016. Reuniões na prefeitura, acompanhadas da pressão do movimento, permitiram que, a partir de agora, qualquer motorista que já se cadastrou ou ainda o fará com carros com 8 anos ou menos poderá ser motorista em qualquer aplicativo – e não apenas 5.

Além disso, por decisão liminar da justiça, a prefeitura não pode impedir que carros com placa de fora da cidade prestem serviços na capital. Para Holiday, trata-se de “uma vitória”. Entretanto, é preciso lembrar que a Resolução nº 16 ainda inclui outras medidas criticadas pelos liberais, como a exigência de um curso de “gentileza e respeito” para os motoristas.

Leia mais

+Prefeitura de João Doria impõe novas regras para aplicativos de transporte

+MBL teria rompido com o prefeito João Doria, diz jornal ‘O Povo’


PUBLICIDADE



Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Leia também:  SP: Fernando Holiday não descarta mudança de partido em 2019
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo