fbpx
PUBLICIDADE


Educador que não segue Paulo Freire será secretário de alfabetização do MEC

Carlos Nadalim é dono de blog que patrocinou filme sobre Olavo de Carvalho, de quem foi aluno e visitou nos Estados Unidos em 2016; Ministro da Educação já afirmou que Olavo será inspiração para a sua gestão

- Publicado no dia
Olavo de Carvalho e Carlos Nadalim (Foto: Reprodução/YouTube)

O educador Carlos Nadalim, dono do blog “Como educar seus filhos” e patrocinador do documentário “O Jardim das Aflições”, sobre Olavo de Carvalho, assumirá a secretaria de alfabetização do Ministério da Educação.

Vencedor do Prêmio Darcy Ribeiro, Nadalim é coordenador de uma pequena escola no interior do Paraná e formulador de um método de educação que compreende uma forma alternativa de assimilação da linguagem, especialmente se comparado aos métodos inspirados pelo marxista Paulo Freire, muito influente na educação brasileira.


PUBLICIDADE



De acordo com os entusiastas da metodologia de Nadalim, as crianças que por ela se alfabetizam atingem um grau de fluência de leitura muito mais rápido do que aquelas que são educadas pelo sistema tradicional. Além disso, acabam sendo estimuladas a serem leitoras hábeis.

Para o youtuber Bernardo Kuster, Nadalim vai “acabar com a patifaria da burrice alfabetizacional do Brasil”. Bene Barbosa, ativista favorável ao porte de armas de fogo, o educador representa a saída da “lacração ideológica” para a entrada da “alfabetização plena” na educação. [1][2]

Em 2016, Nadalim visitou Olavo de Carvalho, nos Estados Unidos, e afirmou que o filósofo é seu professor e quem o inspirou a se aprofundar na educação.

“Eu sou aluno do professor há anos. Graças a tudo o que o professor ensinou, fui estudar e pesquisar assuntos relacionados à educação e, graças a isso, o blog [“Como educar seus filhos”] está no ar”, disse.

Com grande influência na formação do governo Jair Bolsonaro, Olavo será uma das principais inspirações para projetos que serão desenvolvidos pelo Ministério da Educação, revelou Ricardo Vélez-Rodriguez em discurso na última quarta-feira (2).

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.