PUBLICIDADE


Olavo de Carvalho concede entrevista à Jovem Pan

O filósofo comentou sobre temas que foram desde a definição de comunismo e a conduta de Donald Trump até as perspectivas para o governo Bolsonaro

- Publicado no dia
Olavo de Carvalho (Foto: Reprodução / Folha)

Depois da entrevista a um programa da TV Cultura, o filósofo Olavo de Carvalho voltou nesta terça-feira (25) a dar as caras nos veículos de comunicação brasileiros. Ele concedeu uma entrevista com mais de uma hora de duração ao programa Os Pingos nos Is da rádio Jovem Pan, apresentado pelos jornalistas Felipe Moura Brasil, Augusto Nunes e José Maria Trindade.

O programa versou sobre o conceito de comunismo, a natureza ideológica de personagens como o ex-presidente Lula e o político paulista Paulo Maluf, a conduta do governo de Donald Trump e as perspectivas para a administração de Jair Bolsonaro no Brasil. Olavo voltou a elogiar os ministros Ricardo Vélez Rodríguez e Ernesto Araújo, que considera “as pessoas mais competentes em suas respectivas áreas”, e disse ainda que se recusou a escrever um prefácio para uma biografia do presidente eleito do Brasil porque não quer ser considerado militante ou cabo eleitoral.

Confira o vídeo completo:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.