fbpx
PUBLICIDADE

RJ: Com Motta, cresce a participação de liberais na transição de Witzel

Cofundador do Partido Novo e atualmente ligado ao PSC, Roberto Motta se tornou a principal liderança liberal do Rio de Janeiro a assessorar o governador eleito Wilson Witzel, do mesmo partido
Para Roberto Motta, Wilson Witzel é comparado à eleição de 2006 onde Sérgio Cabral concorreu pela primeira vez. E contra uma juíza: Denise Frossard. Na foto, Wilson Witzel e Roberto Motta, que estão juntos na campanha. (Foto: Reprodução/Facebook)
    Wilson Witzel e Roberto Motta (Foto: Reprodução/Facebook)

O engenheiro Roberto Motta, um dos cofundadores do Partido Novo e, atualmente, ligado ao PSC, se tornou uma das três principais lideranças do gabinete de transição do governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, também do PSC.

Com a saída de Bernardo Santoro – ex-presidente do Instituto Liberal – da equipe que assessorava Witzel, Motta se tornou o principal líder liberal que cerca o governador. Atua em temas que vão desde segurança pública (área da qual é ativista) a assuntos como ciência e tecnologia, saneamento e minas e energia. [1]

Para auxiliar nessa empreitada, passou a convidar também figuras do movimento liberal estadual para colaborarem, na condição de voluntários, do processo de transição. Entre elas, personalidades que já foram ligadas ao MBL, Partido Novo e Instituto Liberal.





Segundo apurou o Boletim da Liberdade, Motta foi convidado a ser assessor especial do governador a partir do próximo ano. Roberto Motta não foi encontrado até a publicação desta matéria para comentar a posição. Nas eleições, foi candidato a deputado federal e obteve 17.089 votos, não sendo eleito.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama