fbpx
PUBLICIDADE

Dr. Rey garante que sucederá Jair Bolsonaro e defende privatização da saúde

O cirurgião e apresentador comentou a tentativa de se reunir com o presidente eleito e a permanência de sua intenção de participar do governo
(Foto: Reprodução / Uol)
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE


(Foto: Reprodução / Uol)

O cirurgião plástico e apresentador dr. Rey concedeu entrevista ao programa “Pânico na TV” na Jovem Pan no último dia 23. Na entrevista, ele prometeu que será presidente do Brasil e comentou a atitude de Bolsonaro de não recebê-lo quando tentou procurar o presidente eleito.

Rey admitiu que queria se colocar à disposição para o Ministério da Saúde. Disse que era amigo de Bolsonaro no PSC e que considerava ser necessário colocar um profissional que entendesse da área. Rey, no entanto, afirmou que o presidente eleito teve que receber o embaixador da Argentina e por isso a reunião foi remarcada para 8 de janeiro.

“Quero ajudar em alguma posição no nosso governo”, disse, confessando que ainda espera uma posição e mencionando especificamente a embaixada na Inglaterra. “Serei líder dessa nação e levarei este país ao primeiro mundo”, prometeu. Rey avalia que Bolsonaro precisa “pôr ordem na casa”, mas depois dele deverá haver uma direita “um pouquinho mais polida, porque é uma direita internacional”. Essa posição poderia ser ocupada por ele.

“A direita dele é super necessária, porque a casa está em chamas. Uma vez o mandato dele termina, o próximo presidente da República terá que ser de uma direita um pouquinho mais polida”, asseverou, garantindo que o sucessor será ele. Confira o vídeo:

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Siga o Boletim

Leia também