fbpx
PUBLICIDADE


Dono da Havan anuncia boicote contra empresas ligadas à Folha de S. Paulo

Empresário foi alvo de uma reportagem do jornal pouco antes da eleição, processou a empresa e agora anuncia boicote também a empresas ligadas ao Grupo Folha, como a rede PagSeguro

- Publicado no dia
Luciano Hang é dono da rede varejista Havan (Foto: Divulgação)

Apoiador do presidente eleito Jair Bolsonaro, o empresário Luciano Hang, dono da rede varejista Havan, declarou guerra ao Grupo Folha, que edita o jornal Folha de S. Paulo.

Após ser alvo de uma reportagem que afirmou que ele patrocinava mensagens anti-PT pelo WhatsApp – algo que ele nega -, Hang processou a empresa e pediu uma indenização de R$ 2 milhões à Justiça.


PUBLICIDADE



Agora, o empresário pretende ir além. Em artigo enviado a inúmeros veículos de comunicação, Hang afirmou a Havan não fará “jamais” anúncios na Folha de S. Paulo, nem no portal UOL – que é controlado pelo jornal. Ele também afirmou que não produzirá materiais na Gráfica Plural, pesquisas no Instituto Datafolha e compras com as máquinas PagSeguro.

“Em países desenvolvidos, os veículos de comunicação declaram a quem apoiam, assim a população sabe que notícia que está lendo e é livre para escolher o que ler. Já, aqui no Brasil, a mídia é hipócrita, se diz isenta, mas veículos como a Folha de São Paulo militam para partidos socialistas mentindo para a população descaradamente. São tendenciosos e ideológicos. Uma ideologia enrustida. Um verdadeiro ataque à democracia”, disse o empresário no artigo, onde classificou também o jornal como “comunista”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Eu Luciano Hang, não aceito passar o meu cartão de crédito em uma máquina da PagSeguro, pois pertence a Folha de São Paulo #PagSeguroNao

Uma publicação compartilhada por Luciano Hang (@luciano.hang) em

[irp posts=”20414″ name=”João Amoêdo e Livres se manifestam contra fala de Bolsonaro sobre Folha de S. Paulo”]

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.