SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Folha de S. Paulo fez ‘fake news’ e será processada, diz comunicado da Havan

Empresário Luciano Hang, dono da Havan, foi considerado pelo principal jornal do país como um dos patrocinadores de suposto esquema de envio em massa de mensagens “anti-PT”

- Publicado no dia
Luciano Hang, dono da Havan (Foto: Márcia Ribeiro/Folhapress)

A loja de departamentos Havan, do empresário Luciano Hang, acionará o jornal Folha de S. Paulo após uma reportagem do veículo citá-la como uma das patrocinadoras de “mensagens anti-PT” no WhatsApp.

Em comunicado enviado à imprensa, a rede afirma que “a matéria é falsa” ao citá-los e que o periódico assumiu “posição ideológica” e se “distanciou da verdade”.


PUBLICIDADE



“No afã de produzir conteúdo impactante, a Folha simplesmente desconsiderou os princípios que norteiam um jornalismo sério. A matéria não contém nenhum indício ou prova da afirmação, é um simples boato (mentiroso)”, diz o texto.

Leia também:  'O PT jogou a toalha', diz Ana Amélia, vice de Alckmin, sobre suspeitas de fake news
Leia também:  Bolsonaro reafirma compromisso com a liberdade de expressão após pedido do PSOL para intervenção no WhatsApp

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo