fbpx

‘O PT jogou a toalha’, diz Ana Amélia, vice de Alckmin, sobre suspeitas de fake news

Para a senadora, que foi candidata a vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB), o PT não tem "dignidade de reconhecer que é o grande responsável pela crise moral, social e econômica do país"
Ana Amélia (Foto: Dida Sampaio / Estadão)

A senadora Ana Amélia Lemos (PP), ex-candidata à vice-presidência na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB) ao Planalto, considerou neste sábado (20) como “desespero do PT” as “suspeitas infundadas” sobre fake news terem impulsionado a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL). [1]

“Jogou a toalha! Em vez de ter a dignidade de reconhecer que é o grande responsável pela crise moral, social e econômica do país, levanta suspeitas infundadas ora sobre fake news, ora sobre fraude eleitoral e inventará outras desculpas na tentativa de esconder seus graves erros!”, escreveu nas redes sociais.

Segundo ela, os petistas estão “se afogando na própria arrogância” e o eleitor “cansou de ouvir tantas mentiras”.

Escândalo vazio

Adversários políticos tem tentado transformar a reportagem veiculada no jornal Folha de S. Paulo, na última quinta-feira (18), em um escândalo político para descredibilizar uma eventual vitória de Jair Bolsonaro.

A reportagem não expôs, porém, provas contundentes de que tenha havido uma manipulação proposital e com a concordância de Bolsonaro para manipular as eleições. Por causa disso, tem sido alvo de críticas até mesmo da imprensa.

Leia também:  Bolsonaro reafirma compromisso com a liberdade de expressão após pedido do PSOL para intervenção no WhatsApp
Leia também:  Presidente do NOVO, Moisés Jardim avalia resultado da eleição em entrevista ao Boletim: 'extremamente positivo'

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?