fbpx
PUBLICIDADE


Marcel van Hattem entra com ação contra curso sobre o ‘golpe de 2016’

O jovem suplente do PP, de mudança para o NOVO, pretende que o curso seja impedido de funcionar, por ser pago com dinheiro público

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Rádio Guaíba)

Depois que a UFRGS decidiu seguir o caminho da UnB e também abrigar um curso sobre o suposto “golpe de 2016” que teria sido praticado contra a então presidente Dilma Rousseff, Marcel van Hattem (PP), que anunciou sua ida para o Partido Novo, decidiu reagir. Ele protocolou nesta terça-feira (6) uma ação contra a iniciativa no Ministério Público.

O curso na universidade gaúcha tem o sugestivo título “O golpe de 2016 e a nova onda conservadora no Brasil”. Van Hattem aproveitou para convocar todos que pensam como ele a também protestar na justiça contra o que considera um uso indevido do dinheiro público. “Não podemos assistir calados a esse tipo de abuso com o dinheiro público. Ingressei hoje no Ministério Público com representação contra os organizadores dessa excrescência acadêmica na UFRGS”, declarou em sua página no Facebook. [1]


PUBLICIDADE



Em entrevista ao Zero Hora, Hattem afirmou que o objetivo final é “impedir o funcionamento do curso”. Para ele, “é um curso pago com dinheiro público com fins claramente partidários e ideológicos” e também espera que “se responsabilize civil, penal e administrativamente os eventuais autores, que forem assim julgados pelo Ministério Público nesses fatos, que eu considero ilícitos”.  [2]

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.