fbpx
PUBLICIDADE

Vencedores do I Prêmio Boletim da Liberdade posam ao lado das placas

Arthur do Val, dono do canal "Mamãe Falei", e Kim Kataguiri, representando o MBL, tiraram fotos ao lado das placas comemorativas do I Prêmio Boletim da Liberdade, realizado em dezembro de 2017
Foto: Boletim da Liberdade
Foto: Boletim da Liberdade

O resultado do I Prêmio Boletim da Liberdade, premiação organizada pelo Boletim da Liberdade no final de 2017 e que contou com a participação dos leitores e assinantes do portal, foi divulgado no dia 15 de dezembro. Nesta semana, os premiados receberam suas placas comemorativas e tiraram fotos com elas, uma singela lembrança que materializa o resultado da iniciativa.

Representando o Movimento Brasil Livre, que foi eleito como “Organização do Ano de 2017”, Kim Kataguiri publicou uma foto apontando para a placa e agradeceu os votantes. Arthur do Val, dono do canal “Mamãe Falei”, também agradeceu a escolha dos assinantes por ter sido escolhido como “Personalidade do Ano de 2017”.

A próxima edição do Prêmio Boletim da Liberdade deve ocorrer apenas no segundo semestre de 2018.





Confira as fotos:

Foto: Reprodução/Instagram

.

Foto: Reprodução/Instagram




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama