Fãs de Kataguiri destacam sua trajetória e elogiam o MBL em lançamento no Rio

O Boletim da Liberdade conversou com diversas personalidades que estiveram presentes para prestigiar o lançamento do primeiro livro de Kim Kataguiri no Rio de Janeiro

- Publicado no dia
Lançamento do livro de Kim Kataguiri no Rio de Janeiro (Foto: Boletim da Liberdade)

O Boletim da Liberdade conversou com diversas personalidades presentes ao lançamento do primeiro livro de Kim Kataguiri no Rio de Janeiro. Elas destacaram a importância da liderança exercida pelo coordenador do Movimento Brasil Livre e os desafios que ele tem enfrentado ao longo do tempo.

“Ele tem consistência intelectual, posicionamento firme e moral e consciência do papel dele na sociedade”, destacou Roberto Motta, ex-fundador do Partido Novo e hoje membro do PSL/Livres. “Ele enfrenta uma situação muito complicada porque qualquer pessoa que ousa no Brasil de hoje expressar posições morais firmes encontra toda batalha contra a turma do politicamente correto”.


PUBLICIDADE


O procurador Marcelo Monteiro, que assim como Motta também se dedica a assuntos de segurança pública, relembrou a visão de Kim ao pedir impeachment da então presidente Dilma Rousseff enquanto muitos sequer acreditavam nessa possibilidade.

“Eu acho [ele] uma figura admirável, um rapaz bastante novo ainda, e que foi capaz de mobilizar a população no processo de impeachment e no processo de retirada do PT do poder numa época em que a própria oposição não acreditava que o impeachment da Dilma fosse possível”, observou.

O advogado Leonardo Fiad, por sua vez, elogiou o modo pelo qual o MBL, grupo do qual Kim é um dos expoentes, traduziu as ideias da liberdade para a rede. “Eles não ficam com aquele papo liberal de gravata borboleta, de spread, de juros. Eles realmente conseguem traduzir as ideias para uma linguagem popular, e também de memes, de internet. E aí eu acho que eles mandam muito bem”.

Coordenador estadual do Movimento Brasil Livre no Rio de Janeiro, Bernardo Sampaio afirmou que Kim é uma “referência inspiradora” para os mais jovens. “Essa galera nova se identifica muito com o Kim e procura muito”, analisou, brincando que Kataguiri deve vir candidato em 2018 pelo Rio de Janeiro. “Tem muita gente querendo ele aqui”, riu.

+ Confira a entrevista exclusiva que Kim Kataguiri concedeu ao Boletim da Liberdade no lançamento 

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também