NOVO abrirá inscrições para processo seletivo de candidatura partir do dia 6

A legenda divulgou um edital contendo os pré-requisitos para os postulantes a candidaturas em todo o país; partido talvez não lance candidaturas a deputado estadual

- Publicado no dia
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A mais jovem legenda criada para defender a diminuição do Estado, o Partido NOVO, anunciou oficialmente o processo seletivo para escolher seus pré-candidatos para as próximas eleições. As inscrições estão marcadas para começar a partir do próximo dia 6.

No documento divulgado no site do partido, o NOVO destaca que o processo seletivo é um dos seus diferenciais para “a continuidade da construção de uma instituição de qualidade na política brasileira”, servindo para buscar “pessoas comprometidas com os valores e ideais do NOVO e dispostos a trabalhar por um Brasil melhor, onde haja menos impostos e melhores serviços à população”. A inscrição é voluntária e não garante a aprovação da candidatura, sucedendo-se a ela uma série de etapas, incluindo avaliação do perfil dos postulantes, entrevista e depois a submissão aos diretórios e convenções partidárias.

O NOVO informa ainda que o processo é exclusivo para a pré-candidatura a Deputado Distrital (no Distrito Federal), Deputado Federal e Senador (ao menos por ora, apenas nos estados Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina). Isso sugere que o NOVO não pretende lançar candidatos a deputado estadual.

Pré-Requisitos

Os pré-requisitos para fazer a inscrição envolvem ser brasileiro, estar em pleno gozo dos direitos políticos, ser filiado ao partido e estar em dia com suas contribuições, ter no mínimo 21 anos (para deputado) ou 35 (para senador) e fazer o pagamento de uma taxa de inscrição inicial no valor de R$ 300,00 (para os postulantes a Deputado Distrital) ou R$ 600,00 (demais cargos). Em uma etapa posterior do processo de avaliação, deverá ser paga uma taxa de igual valor, e nenhum desses pagamentos será devolvido.

O vereador eleito pelo NOVO em Porto Alegre, Felipe Camozzato, divulgou um vídeo anunciando o processo seletivo. Confira:

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também