fbpx

Starbucks e Subway entram com pedido de recuperação judicial

Starbucks e Subway pedem recuperação judicial
A operadora das marcas diz que, ao longo dos últimos três anos, as varejistas têm lutado para manter suas operações

A operadora SouthRock Capital, das marcas Starbucks, Subway e Eataly no Brasil, pediu recuperação judicial na 1ª Vara de Falências da Justiça de São Paulo. A operadora entra para a lista de companhias que também estão na mesma situação, como Lojas Americanas, Grupo Petrópolis, Light, Oi, Raiola, Nexpre e Avibras. A dívida soma mais de R$ 1,8 bilhão.

A companhia diz que, ao longo dos últimos três anos, desde o início da pandemia, as varejistas têm lutado para manter suas operações. “Os desafios econômicos no Brasil resultantes da pandemia, a inflação e a permanência de taxas de juros elevadas agravaram os desafios para todos os varejistas, incluindo a SouthRock”, diz o documento protocolado.

Recentemente a agência de viagens 123milhas entrou com pedido de recuperação judicial, em meio à crise após a suspensão dos pacotes promocionais de passagens aéreas. Depois disso, a Câmara dos Deputados instalou uma Comissão Parlamentar de Inquérito para solucionar o caso. A CPI conclui que a 123 Milhas operava no vermelho quatro anos antes de pedir recuperação judicial. O principal setor atingido é o de serviços, que registrou os maiores indicadores de falência e recuperação judicial em todos os meses do ano até agora.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?