fbpx

Dólar fecha em R$4,73 pressionado por avanço do petróleo

Moeda brasileira se beneficia com queda

Com queda de 0,99%, a moeda americana fechou em R$4,73 nesta segunda-feira (25), o menor valor registrado em 15 meses. A mudança no cenário no mercado comercial se deve ao avanço do petróleo no mercado internacional, junto às expectativas de decisões sobre os juros nos Estados Unidos (EUA) e na Europa.

Um fator adicional é a entrada de capital estrangeiro e a redução nas taxas de juros futuras (DIs) do Brasil, contribuindo para a valorização do real. A moeda americana acumula, ainda, queda de mais de 10% no ano ante o real, com aumento do receio de uma recessão na economia dos EUA, o que incentiva a busca por ativos de proteção ao risco.

Leia também:  G20 começa nesta quarta-feira (21) no Rio de Janeiro

Impactos da queda

Para a economia brasileira, a queda do dólar traz impactos significativos principalmente para o setor de exportações, já que com um real mais valorizado, as exportações do Brasil ganham maior competitividade, o que estimula o setor e proporciona um impulso favorável à balança comercial.

Uma cotação do dólar mais reduzida também reforça o real e tem potencial para atrair investimentos externos para o país, incentivando a economia e promovendo o desenvolvimento de vários setores.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?