fbpx

Bolsonaro pode ficar inelegível após julgamento desta sexta (30)

Bolsonaro pode ficar inelegível
Com três votos a um pela inelegibilidade de Bolsonaro, o TSE suspendeu a sessão desta quinta (29)

O ex-presidente Jair Bolsonaro pode ficar inelegível por oito anos, caso haja decisão favorável do Tribunal Superior Eleitoral, nesta sexta-feira (30).

Com três votos a um pela inelegibilidade de Bolsonaro, o TSE suspendeu a sessão desta quinta (29). Com cerca de 1h40 de duração, o ministro Raul Araújo votou pela absolvição de Bolsonaro. Seus colega o interromperam e contestaram sua decisão.

Anteriormente, o relator da ação, Benedito Gonçalves, havia votado pela condenação de Bolsonaro. Os ministros Floriano de Azevedo Marques e André Ramos Tavares acompanharam o relator.

Desta forma, restam ainda os votos de Cármen Lúcia, Nunes Marques e, por último, do presidente do TSE, Alexandre de Moraes. Qualquer um dos ministros podem solicitar vista da ação e adiar o julgamento, mas não há expectativa que isso aconteça.

Leia também:  Bolsonaro pode ser preso? Juristas explicam

Assim como Bolsonaro, o general Braga Netto também é alvo no julgamento. Os quatro ministros que votaram até o momento, porém, decidiram pela absolvição do general, sendo maioria dos votos.

O que julga o TSE

O Tribunal julga a conduta de Bolsonaro durante a reunião realizada com embaixadores, no Palácio do Alvorada, em julho de 2022.

Na ocasião, o ex-presidente questionou o sistema eletrônico de votação. A ação foi movida pelo PDT, que questionou a legalidade do encontro.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?