fbpx

Alexandre Garcia e deputados debatem censura na CLDF

Foto: Jeremias Alves/Assessoria Thiago Manzoni
Para compor a mesa, Manzoni convidou jornalistas, parlamentares e acadêmicos

A institucionalização da censura foi tema de uma audiência pública realizada na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) nesta terça (6). O deputado distrital Thiago Manzoni (PL) promoveu um debate entre políticos, jornalistas e acadêmicos sobre liberdade de expressão no Brasil. Entre os convidados estava o jornalista Alexandre Garcia. Além dos deputados federais Bia Kicis (PL/DF) e Marcel van Hattem (NOVO/RS) e professores universitários. Após exibir um vídeo que mostra representantes do governo brasileiro defendendo a regulação da mídia, Manzoni iniciou a audiência.

“A tentativa de parar as nossas liberdades se dá por meio de uma expressão que foi criada. Tudo hoje é fake news. Discordar do pensamento dominante no estamento burocrático brasileiro, não só o político, mas também alguns veículos de comunicação, alguns outros poderes da nação e órgãos administrativos. Quando você discorda deles, ou quando você ousa critica-los isso é rotulado por uma expressão que ninguém sabe o que significa”, defendeu Thiago Manzoni. O deputado distrital fez ainda referência ao PL da Censura (2630/20), que tramitava com apelido de PL das Fake News para parte da grande mídia.

Foto: Jeremias Alves/Assessoria Thiago Manzoni
Foto: Jeremias Alves/Assessoria Thiago Manzoni

A deputada Bia Kicis assumiu a palavra e afirmou que sem liberdade de expressão não existe democracia. “Estamos lutando com todas as forças que temos e com muita fé porque não queremos entregar esse país nas mãos de tiranos. Não queremos entregar esse país a quem não respeita a liberdade, dizem respeitar as minorias, mas não respeitam os indivíduos e a menor minoria que existe é o indivíduo. Sem liberdade estaremos irremediavelmente condenados a viver em uma ditadura”, argumentou a parlamentar.

Na voz de jornalistas

Para compor a mesa, Manzoni convidou jornalistas para discorrerem sobre o tema. Alexandre Garcia e Alexandre Magnani (Conexão Política) abordaram os desafios de se comunicar sem estar dentro da grande mídia tradicional. “Eu falo todos os dias no YouTube. São 2,5 milhões de pessoas que me acompanham e eu fico pensando será que algum ministro do Supremo não vai gostar do que eu vou estou falando e de repente ele me bloqueia e me corta a voz?”, questionou Garcia.

Enquanto isso, o deputado federal Marcel van Hattem, que também é jornalista de formação, pontuou sobre a direita estar desunida. “É um momento de reflexão, onde pessoas que pensam da mesma forma estão divididas. Me parece que as coisas estão andando num ritmo muito acelerado por uma falta de articulação e união de todos os movimentos de direita, conservadores, liberais, para que tenhamos uma reação a altura. Eu sou muito otimista e eu entendo que essa articulação acontecerá”, ponderou o parlamentar gaúcho.

Foto: Jeremias Alves/Assessoria Thiago Manzoni
Foto: Jeremias Alves/Assessoria Thiago Manzoni

Quem participou do evento por chamada de vídeo foi o influenciador e jornalista Paulo Figueiredo. Além também do economista e diretor acadêmico do Instituto Mises, Adriano Paranaíba e o professor Tassos Lycurgo do Departamento de Artes da UFRN. Presencialmente, o presidente do Diretório Central dos Estudantes do UniCEUB, Rafael Calixto, recebeu a palavra.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?