fbpx

Van Hattem quer CPI para investigar ‘abusos de autoridade’ do STF e TSE

Deputado federal do NOVO, reeleito em 2022 para um segundo mandato, afirmou que apresentou pedido de CPI e que já acumula dezenas de assinaturas; entre os episódios que a Comissão Parlamentar de Inquérito poderá investigar, se aprovada, estariam a censura de parlamentares e até a polêmica busca e apreensão contra empresários ocorridas no período eleitoral

O deputado federal Marcel van Hattem (NOVO/RS) anunciou nesta terça-feira (22) que apresentou um pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o que chamou de “abuso de autoridade do STF e TSE”.

“A partir desse momento, e já com dezenas de assinaturas colhidas, precisamos chegar ao mínimo de 171 assinaturas para que a CPI seja instalada”, explicou.

Van Hattem afirmou, em vídeo, que a CPI deve ter a “finalidade de investigar a violação de direitos e garantias fundamentais, a prática de condutas arbitrárias, sem a observância do devido processo legal, inclusive a adoção de censura e atos de abusos de autoridade e atos do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral” em um conjunto de casos.

Entre os fatos que o deputado federal do NOVO quer investigação, estão a busca e apreensão de empresários, o bloqueio de contas bancárias e empresas suspeitas a financiarem atos antidemocráticos, a censura contra o economista Marcos Cintra e o episódio de censura contra parlamentares.

Assista, abaixo, ao vídeo na íntegra do anúncio:

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?