fbpx

MBL anuncia ida em bloco ao Podemos, de Sérgio Moro

Grupo sacramentou aliança que deve lançar, em São Paulo, Arthur do Val ao Governo do Estado e Heni Ozi Cukier, hoje no NOVO, ao Senado

O Movimento Brasil Livre (MBL) repercutiu nas redes sociais nesta quarta-feira (19) sua ida em bloco ao Podemos, de Sérgio Moro.

“Na próxima semana, eu e outros vários integrantes do MBL vamos nos filiar ao Podemos e somar as fileiras da terceira via contra o Bolsopetismo”, publicou o deputado Kim Kataguiri (DEM/SP). [1]

Em dezembro, Moro e Arthur do Val já haviam se encontrado. Moro também participou do Congresso Nacional do MBL, ocorrido um mês antes, onde foi ovacionado pelos militantes do grupo.

De acordo com o divulgado pelo UOL, haverá uma “carta de independência” entre o Podemos – partido que Sérgio Moro deve disputar a presidência – e o MBL.

Ainda segundo a publicação, é esperada a presença de Moro na solenidade de filiação do grupo em São Paulo, que deve ocorrer no Teatro Renaissance no próximo dia 26. [2][3]

Como antecipado no Congresso Nacional do MBL, o carro chefe da aliança será o apoio de Moro ao projeto de Arthur do Val concorrer ao Governo de São Paulo.

Tendo ganhado fama com o canal no YouTube “Mamãe Falei”, Arthur é hoje deputado estadual pelo Patriota e concorreu à Prefeitura da capital paulista em 2020.

Disputa ao Senado

O cientista político e hoje deputado estadual Heni Ozi Cukier, do NOVO, deve buscar nessa aliança uma vaga no Senado Federal.

Já faz algum tempo o parlamentar tem esboçado aproximação com o MBL e, ao mesmo tempo, distanciamento crítico ao NOVO. Cukier é um dos mandatários do partido fundado por João Amoêdo que mais torna claro o posicionado contrário a Jair Bolsonaro.

Heni Ozi (Foto: Bruna Sampaio/ALESP)

Nas redes, ele disse que estará “com Sérgio Moro, Arthur Moledo do Val, Rubinho Nunes, Kim Kataguiri e outros do MBL construindo palanque da 3ª via”, sem mencionar Felipe d’Avila, pré-candidato do NOVO ao Planalto.

“É meu deve fazer de tudo para evitar o 2º turno do pesadelo. Lutaremos por um país sem populismo, sem Lula e sem Bolsonaro”, disse. [4]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?