fbpx
PUBLICIDADE

Técnicos da Câmara alertam governo de que fundo eleitoral precisa aumentar, diz jornalista

De acordo com os técnicos do Legislativo, a redução do valor é um descumprimento da Lei de Diretrizes Orçamentárias; acréscimo seria de R$800 milhões
Plenário da Câmara dos Deputados (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
PUBLICIDADE

Técnicos da Câmara dos Deputados estão alertando o governo Bolsonaro de que o Fundo Especial de Financiamento de Campanha, conhecido como “fundo eleitoral”, deve voltar a subir para R$5,7 bilhões. A informação foi publicada pela jornalista Ana Flor nesta sexta-feira (14) em sua coluna no site G1. [1]

PUBLICIDADE

O Congresso aprovou o orçamento de 2022 com um valor menor, de R$4,9 bilhões – R$800 milhões a menos. Porém, os técnicos da Câmara alegam que o número não poderia ter sido reduzido porque o valor original já tinha sido estipulado na Lei de Diretrizes Orçamentárias, responsável por estabelecer as bases do orçamento.

Os técnicos acreditam que a redução do valor representa um descumprimento das regras orçamentárias. A lei prevê que o fundo seria composto por 25% dos recursos destinados à Justiça Eleitoral em 2021 e 2022, além de receber parte das emendas das bancadas parlamentares, resultando no valor original estipulado.

PUBLICIDADE

Leia também:  Nova pesquisa mostra Lula com 41% e Bolsonaro com 36%

O presidente Jair Bolsonaro havia vetado os R$5,7 bilhões constantes da Lei de Diretrizes no último mês de julho, mas o Congresso derrubou o veto em dezembro. Com o Orçamento aprovado já tendo uma defasagem de R$9 bilhões, o governo está discutindo de onde sairão os recursos para aumentar o fundo novamente.

A equipe econômica defende remanejar valores de emendas parlamentares e outras fontes. O fundo eleitoral é atualmente o principal mecanismo de financiamento das campanhas eleitorais e é dividido levando em consideração os votos dos partidos na eleição anterior, entre outros fatores.

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?