fbpx

Município do Rio poderá investir e receber impostos em criptomoedas

Primeiras menções a essas possibilidades foram faladas em evento de inovação realizado nesta semana; dentre os caminhos que poderiam ser seguidos, estaria o investimento de 1% do tesouro municipal, de acordo com jornal

Em um evento de inovação em que participou nesta quinta-feira (13), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), sugeriu que poderá, em breve, alocar parte dos recursos públicos da cidade em criptomoedas. [1][2]

Na palestra, como informa o “Valor Investe” e o jornal “O Globo”, o político teria, inclusive, falado no percentual de 1% do tesouro “nesses ativos” e que poderá lançar um projeto chamado “Cripto Rio” em breve.

O jornal “O Globo” informou ainda que o município estaria estudando também aceitar, em breve, o pagamento de IPTU via bitcoins. Aqueles que optassem por essa forma de pagamento poderiam obter até benefícios.

Nesse contexto, o secretário de Fazenda, Pedro Paulo, já estaria estudando o “arcabouço jurídico” para viabilizar a medida.

“Estamos estudando a possibilidade de quitar impostos com desconto adicional se pagar com bitcoins. Você pega o desconto da cota única de 7% (do IPTU), vira [o desconto em] 10% se pagar em bitcoin”, especulou.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?