fbpx
PUBLICIDADE

Holiday esclarece elogios ao nome de Sérgio Moro, do Podemos

Desde que tornou pública a entrada do ex-ministro e ex-juiz na política partidária, parlamentar fez diversas publicações elogiosas ao pré-candidato do Podemos
Fotos: Afonso Braga / Câmara Municipal de São Paulo
PUBLICIDADE

Desde que começou a ganhar mais forma a pré-candidatura de Sérgio Moro (Podemos) à presidência, o vereador Fernando Holiday (NOVO/SP) não tem economizado em elogios púbicos ao ex-ministro nas redes sociais. O parlamentar, contudo, garantiu ao Boletim da Liberdade não estar de mudança de partido político e enalteceu a pré-candidatura presidencial da sigla a qual pertence, ou seja, do empresário Felipe d’Avila.

PUBLICIDADE

“Eu não pretendo mudar de partido e acredito que a pré-candidatura do Felipe D’Ávila é importantíssima para que o NOVO exponha seu projeto de país e apresente soluções liberais para os problemas que vivemos”, disse.

Ao site, Holiday também destacou que, na avaliação dele, as eleições de 2022 serão muito específicas, o que deve exigir a junção de forças no futuro.

PUBLICIDADE

“Precisaremos juntar forças para oferecer uma alternativa ao Brasil que não seja Lula ou Bolsonaro. Por essa razão, tenho buscado ressaltar as qualidades em uma possível candidatura do [Sérgio] Moro, pois acredito que, entre os nomes da terceira via, o dele é o que mais se aproxima do que acreditamos e, portanto, o diálogo seria mais fácil”, ressaltou.

Leia também:  Moro defende 'economia liberal', mas desconversa sobre privatizar Petrobras

Na mesma linha do que tem sido repetido pelo presidente do NOVO, Eduardo Ribeiro, contudo, Holiday reconheceu que o momento da conversa da união não é agora:

“Estou tentando ser uma voz de defesa da união das duas pré-candidaturas, mas sei que o momento dessa conversa ainda não chegou”, disse.

Apoio

Desde que anunciada a entrada do ex-ministro na política e com o crescimento da especulação de sua entrada na disputa ao Planalto, Sérgio Moro tem recebido especial atenção de liberais.

PUBLICIDADE

Na última quarta-feira (24), o deputado federal Alexis Fonteyne (NOVO/SP), que apoiava o nome de Felipe d’Avila, foi um dos que anunciaram sua saída do NOVO para migrar, em breve, para o Podemos.

Leia também:  'Nós mudamos a história da impunidade', diz Moro em congresso do MBL

Ao Boletim, ele afirmou que a mudança se motivou para estar “politicamente numa ligação plataforma maior e mais capilarizada”.

No último final de semana, por sua vez, o termômetro do evento nacional do Movimento Brasil Livre (MBL) também indicou um clima favorável de apoio ao ex-ministro.

Na ocasião, além de entrevistado entre aplausos por Danilo Gentili, chegou a ser apresentado por uma pré-candidata do MBL como “futuro presidente do Brasil”. O movimento, contudo, afirma não ter candidatura apoiada no momento.

Compartilhe essa notícia:

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?