fbpx
PUBLICIDADE

Fusão de dois partidos pode criar maior agremiação partidária do Brasil

PSL e DEM, que já estavam em conversa, podem estar prestes a anunciar fusão e formar maior partido do Brasil, segundo site
Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
PUBLICIDADE

A especulação de uma possível fusão entre o DEM e o PSL pode não estar tão longe de se realizar. A informação veio do site “O Antagonista” nesta segunda-feira (6), que trouxe mais detalhes sobre a negociação. [1]

PUBLICIDADE

Segundo a apuração do veículo, um possível anúncio oficial, feito por meio de coletiva de imprensa, pode sair ainda em setembro. E, caso isso se confirme, Luciano Bivar e ACM Neto deverão ser, respectivamente, presidente e secretário-geral da sigla.

PSL e DEM, juntos, formariam o maior partido do Brasil. Com a fusão e com a chegada de mais parlamentares, seria esperada a construção de uma bancada própria composta de 90 a 100 deputados.

PUBLICIDADE

Atualmente, o PT e PSL lideram a quantidade de deputados na Câmara, cada um com 53. O DEM, por sua vez, possui 28. [2]

Leia também:  Bolsonaristas lamentam nota do presidente nas redes sociais

Consequentemente, a nova legenda também teria o maior poder financeiro entre as instituições partidárias. Dependendo das circunstâncias, diz “O Antagonista”, o montante poderia ultrapassar o bilhão de reais entre fundão eleitoral e fundo partidário.

Ainda segundo o site “O Antagonista”, o partido, uma vez confirmado, deve adotar uma linha liberal no campo econômico e com ênfase na defesa da democracia. Nesse contexto, haveria o consenso que um apoio a Jair Bolsonaro em 2022 seria improvável.

Apesar do desconforto causado pela saída de Bolsonaro do PSL, até então havia a possibilidade de que o partido de Luciano Bivar pudesse aceitar, novamente, compor com o presidente uma chapa em 2022. Essa proximidade levou, em junho, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL/SP) a pedir à Justiça para deixar o partido.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama