fbpx
PUBLICIDADE

‘Bolsonaro está apavorado com CPI da pandemia’, avalia Arthur do Val

Deputado estadual do Patriota de São Paulo e crítico costumaz do presidente Bolsonaro elencou tópicos que, segundo ele, provariam preocupação do presidente

O deputado estadual Arthur do Val (Patriota/SP) avaliou em suas redes sociais que o presidente Jair Bolsonaro está “apavorado” com a criação da CPI da pandemia, no Senado Federal. [1]

Por determinação do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, o Senado terá que abrir imediatamente a comissão pelo fato de o pedido já contar com os requisitos mínimos obrigatórios, tais como a quantidade de senadores que já assinaram a petição de abertura.

Para Arthur do Val, ligado ao MBL e um dos nomes de maior expressão do meio liberal, o que provaria a preocupação de Bolsonaro está no fato de, após o anúncio, ter “atacado Barroso”, “criticado o Senado”, “pedido para o líder do governo lutar para retirar assinaturas” e ter “espalhado mentiras sobre a CPI”.





“Ele sabe que a casa dele desabou. O mito pagará pelo negacionismo”, escreveu Arthur, que é crítico costumaz a Bolsonaro.

Em conversa gravada pelo senador Kajuru (Cidadania/GO) e divulgada no último sábado (11), Bolsonaro defendeu que a CPI investigasse também fatos relacionados aos governos e municípios, não atendo-se apenas ao governo federal.

“Se não mudar o objetivo da CPI, ela vai só vir para cima de mim”, disse o presidente. [2]





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama